Olhar das empresas para o cenário da sustentabilidade

04 de setembro de 2017

Segundo estudo recém realizado e divulgado pela Mercer, empresa da área de consultoria em Portugal, 87% das organizações não promovem a utilização de transportes públicos junto aos seus colaboradores, seja através de subsídios ou qualquer outro tipo de compensação.

 
No que diz respeito a políticas verdes, 22% das empresas admite já ter implementado a introdução de automóveis híbridos ou elétricos em suas frotas e 29% tem a intenção de o fazer nos próximos dois anos. Dentre a vasta opção que as empresas encontram à sua disposição para construir sua frota de automóvel no mercado português, o estudo revela que 71% das mesmas não têm veículos próprios e 90% opta pela locação como solução.
 
Mudando a visão para o cenário brasileiro, algumas empresas começam a inovar ao substituir sua frota à combustão para elétricos. É o caso da OMS engenharia, que atrelou sustentabilidade e mobilidade elétrica ao formalizar parceria com a Hitech Electric no desenvolvimento do “carro movido a sol” - abastecido com energia fotovoltaica - captado através de placa instalada no teto do veículo. Podemos citar o grupo Algar como outro exemplo de inovação, atuando como um dos realizadores do Congresso Internacional de Tecnologia, Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade - o CITIES - através de aquisição feita com a Hitech, também passará a usar o veículo elétrico em sua frota.
 
Como a primeira empresa do segmento de veículos elétricos do Brasil, a missão da Hitech é proporcionar mais liberdade de escolha sem que as empresas se tornem reféns de modelos de transportes defasados. Buscamos a mesma realidade dos países desenvolvidos, onde os nossos recursos nos permitam acesso a novas tecnologias e cuidado pelo meio ambiente. A expansão do cenário para veículos elétricos começou e contribuir diretamente para um planeta mais sustentável é um dever de todos, torne sua empresa também pioneira nesta causa, junte-se a nós!
COMENTÁRIOS