Veículos elétricos - do sonho à realidade de um milhão de unidades vendidas

05 de dezembro de 2017

Carros elétricos superam a marca de um milhão de unidades vendidas em 2017

Foi divulgado na semana passada pela Focus2move, empresa especializada sobre o mercado automotivo mundial que a marca de carros elétricos irá a um milhão de unidades emplacadas no ano de 2017. Este é um resultado bastante expressivo para os veículos de propulsão elétrica. Os números sobre as vendas de veículos elétricos em 2017 superam em 45% sobre os números de 2016. 

Os carros elétricos até então enfrentavam problemas de autonomia (assunto já levantado aqui pela Hitech-e). Pois bem, a Tesla lançou nos EUA o Tesla Roadster, com autonomia estimada de 1.000 km e,  com isso, o mercado dos elétricos ganha cada vez mais espaço em todos os pontos que englobam a relação Custo X Benefício. Seu custo operacional fica cada dia mais atrativo.

Ainda de acordo com a Focus2move, a China é o país responsável por mais da metade da frota de veículos elétricos do mundo, sendo o maior mercado atualmente para os carros elétricos. A Noruega é o quarto país no ranking, mas com uma política bem consolidada em termos de carros elétricos. Além de países como Inglaterra e França, que já sinalizam muito bem para estes modelos. E claro, aqui no Brasil a Hitech Electric saí na frente e apresenta em seu portfólio com modelos tecnológicos, acessíveis e que aliam redução de custo em utilização à sustentabilidade na operação.

Vale lembrar, segundo a AUTOO, o desconhecido BAIC EC 180 é o veículo elétrico mais vendido do mundo em 2017, com 72.191 unidades vendidas no ano. Seguido pelo Tesla Model S com 55.449 e o Nissan Leaf com 52.778 unidades.

 

No Brasil

Ainda com poucos incentivos governamentais e a burocracia considerável do país, a previsão é de que o novo regime automotivo Rota 2030, que irá vigorar a partir de janeiro de 2018, melhore as condições para que os veículos elétricos possam ganhar mais mercado também aqui no Brasil. 

Por tudo isso, 2017 será lembrado como o ano da virada da indústria automotiva de carros elétricos no mundo. Ao substituir os combustíveis fósseis, estamos presenciando uma das transições mais profundas do setor, desde que os primeiros automóveis foram lançados. Antes apontados como um fantasia ou algo restrito a um público muito particular, os carros elétricos demonstram cada vez mais a realidade das próximas décadas.

Bem-vindo ao futuro.

COMENTÁRIOS